3 de setembro de 2014

Morada das Lembranças ganha Prêmio Literário

Nesta quarta-feira, foi publicado no Diário Oficial da União o resultado do Prêmio Literário da Fundação Biblioteca Nacional 2014, e com o maior prazer, anunciamos que o livro vencedor da categoria Literatura Juvenil, com mais de 30 inscritos, foi Morada das Lembranças, publicado pela Editora Biruta.

Para quem ainda não conhece, em Morada das Lembranças, a escritora e psicóloga Daniella Bauer leva o leitor por uma viagem no tempo que começa em 1920, na Rússia.

Uma mãe e seus dois filhos pequenos, sofrendo com o assassinato do pai, partem em busca de um futuro desconhecido para fugir do caos que se instalou durante a Revolução. Na primeira etapa da fuga, embarcam em um trem com destino à Polônia, onde ficam hospedados por poucos dias na casa de um antigo amigo da família. Na segunda e mais difícil etapa, rumo ao Rio de Janeiro, embarcam na precária terceira classe de um navio, onde convivem por quase dois meses com cerca de 770 pessoas, lidando com suas memórias, doenças e muita fome.

Através dos olhos de uma menina inicialmente assustada, mas bastante corajosa, acompanhamos essa trajetória que desperta inúmeras perguntas, muitas das quais permanecem sem resposta.

Estamos muito felizes e orgulhosos!

Confira um pequeno trecho do livro e se apaixone também!

 

morada_post-facebook

Compartilhe ...

E deixe seu comentário!

4 respostas para “Morada das Lembranças ganha Prêmio Literário”

  1. André Luiz disse:

    Esse livro é tão bonito (tanto nas palavras quanto nas cores e estampas) que me cai um lagriminha de emoção no canto do olho só de lembrar <3

  2. disse:

    Merecido, esse livro é demais!

  3. […] Nacional do Livro. Por isso o Papeando vai conversar com a autora Daniella Bauer, que ganhou o prêmio literário da Biblioteca Nacional com seu romance de estreia, Morada das […]

  4. Irene Moreira disse:

    A leitura de Morada das Lembranças foi uma viagem tensa e aos mesmo tempo apaixonante.

    Parabéns a Editora Biruta e com certeza é para estarem orgulhosos :)

Deixe uma resposta

Desenvolvido por Miguel Medeiros