23 de abril de 2015

Meu livro biruta

Você sabia que no dia 23 de Abril é comemorado o Dia Mundial do Livro?

Para nós, é uma data superespecial e que merece uma comemoração diferente. Afinal, o catálogo da editora tem livros que já viajaram o mundo para chegar nas mãos dos leitores, como o Konrad – O menino da lata, A maravilhosa Terra de Oz, Sementes de Cabanas Encantadas, entre outros.

Agora é a sua vez de escrever um livro. Pode ser uma história rápida, ou o começo de uma grande aventura. Se quiser, pode ser um livro-imagem, como os do Laurent Cardon, ou de poeminhas, como os do autor Almir Correia. Faça do jeito que você gosta mais. O importante é ficar com a sua cara!

Vamos aprender juntos?
Antes de começar, peça a ajuda de um adulto para furar as folhas, tá?

Materiais:

-10 folhas de sulfite (brancas ou coloridas) tamanho A4
-1 folha de papel-cartão colorido (pode ser qualquer folha, mas tem que ser mais grossa que as de sulfite!) tamanho A4
-Agulha
-Linha de pipa, barbante fino, ou qualquer outra linha resistente

Dobre as folhas de sulfite ao meio, marcando bem a dobra.

01

Escolha uma folha de cor diferente, preferencialmente mais grossa (o papel-cartão, por exemplo), para ser a capa do seu caderno e dobre-a ao meio, da mesma forma.

02

Encaixe as folhas uma dentro da outra, deixando a colorida na parte externa.

03

Abra as folhas e, com a ajuda de uma régua, marque o ponto central da linha marcada. Depois disso, faça mais dois pontos, cada um deles a 5 centímetros do ponto central. Então, com um compasso ou um agulhão, faça furos sobre as marcas, atravessando todas as folhas. (Para ficar mais fácil, coloque um pedaço de isopor embaixo das folhas)

04

Para começar a costura do seu caderno, pegue a agulha com a linha e entre com ela no furo central, pelo lado de fora do caderno.

05

Com a agulha na parte interna do caderno, escolha um dos furos das pontas e saia com a agulha por ele. Puxe bem a linha, para suas folhas não ficarem soltas no final.

06

Agora novamente do lado de fora, entre com a agulha no furo que ainda está vazio.

07

De volta à parte interna, enfie a agulha no furo central novamente. Lembre-se de sempre puxar bem!

08

Observando seu quase caderninho pelo lado de fora, você vai ver que ficaram duas pontas soltas (a que sobrou quando você começou a costura, e a do final, ainda presa à agulha); elas são importantes. Deixe cada uma de um lado da parte da linha que está atravessada entre os furos das pontas.

09

Então, com a linha bem puxada, dê um nó e depois faça um laço, parecido com o que você faz no laço de um presente.

10

Pronto, seu caderno está finalizado.

11

12

 

Compartilhe ...

E deixe seu comentário!

Deixe uma resposta

Desenvolvido por Miguel Medeiros