10 de junho de 2013

Uma disputa acirrada

No dia 15 deste mês começa a Copa das Confederações, que acontecerá no Brasil. Futebol é, além da grande paixão dos brasileiros, o pano de fundo de As quatro linhas – a hora da virada (Editora Biruta), de Denis Winston Brum e ilustrações de Daniel Argento.

Nele, conhecemos a história dos meninos do interior do Rio Grande do Sul que pedem ajuda para veteranos do futebol para conseguir conquistar o campeonato da escola. Quem os ajuda é Nico, que já jogou pelo Grêmio e pelo Internacional, os maiores times de Porto Alegre.

as quatro linhas

É de se surpreender que Nico tenha vestido as duas camisas, já que a rivalidade desses dois times é tão forte quanto a de Corinthians e Palmeiras no estado de São Paulo. A disputa do Colorado com o Tricolor Gaúcho ganhou até nome: Grenal.

Desde 1909, Grêmio e Internacional já disputaram quase 400 partidas de futebol, lotando – e dividindo! – os estádios do Rio Grande do Sul. Os números são apertados: o Internacional venceu 149 dos 396 jogos, enquanto o Grêmio ganhou 125 deles. Os empates entre os times são frequentes: em 122 jogos o placar foi igual para as duas equipes.

Os dois times deram espaço para que muitos jogadores começassem suas carreiras. O primeiro time de Ronaldinho Gaúcho, por exemplo, foi o Grêmio. Ele entrou na equipe quando ainda era muito jovem e vestiu a camisa azul e preta até 1998. No ano seguinte, foi eleito melhor jogador e artilheiro da Copa das Confederações, que aconteceu no México.

Já o Internacional foi o clube em que Dunga começou sua carreira como jogador, na década de 80. Ele pendurou as chuteiras em 2000, mas isso não o afastou dos campos. Hoje, ele voltou às origens e assumiu o comando do time colorado. Ainda como técnico, ele ajudou a equipe brasileira a ganhar a Copa das Confederações no ano de 2009.

Aliás, na Copa, que começa essa semana, não há dúvidas sobre por qual seleção vamos vibrar. Mas e nos outros campeonatos, você já decidiu para quem vai torcer?

Compartilhe ...

E deixe seu comentário!

Deixe uma resposta

Desenvolvido por Miguel Medeiros