26 de novembro de 2015

Pirâmides encantadas

O famoso explorador Afonso Cagibi já passou por muitas Sementes de Cabanas Encantadas, inclusive por Palácios de Areia.

No final desse passeio, ele recomendou aos leitores que visitasse uma casa de areia única no mundo: a casa em forma de pirâmide de Gizé.

piramides-de-gize-miquerinos

A viagem ainda não aconteceu, porque o explorador Afonso está visitando outras cabanas encantadas. Enquanto isso, fomos pesquisar mais sobre esse destino, e olha só o que descobrimos:

  • Há dezenas de pirâmides no Egito, mas há uma que se destaca, na região de Gizé: Queóps, nome dado em homenagem do mais rico dos faraós do Egito Antigo. É considerada uma das sete maravilhas antigas;
  • Calcula-se que mais de 30 mil egípcios trabalharam durante 20 anos para erguer as 3 pirâmides de Gizé, mas não se sabe com precisão a respeito do processo de construção;
  • Os egípcios acreditavam em vários deuses e na vida após a morte. Por isso, tinham o costume de conservar o corpo e os pertences para a próxima vida;
  • O principal objetivo das pirâmides era guardar o corpo dos faraós, bem como seus pertences, riquezas e o que mais queriam desejavam guardar para a próxima vida;
  • Alguns animais, como cães e gatos, também foram mumificados no Egito Antigo. Supõe-se que eram propriedade dos faraós;
  • O processo de conservar o corpo é também chamado de Mumificação, e funcionava assim: após a morte, o corpo era embalsamado e os órgãos eram retirados, pois os egípcios acreditavam que a alma e o corpo eram separados quando a pessoa morria. O único não retirado era o coração, já que a tradição dizia ser esse o local onde ficavam as emoções e, portanto, deveria permanecer. Depois, o corpo recebia alguns “perfumes” para ficar conservado e era todo envolvido em faixas de linho branco. Alguns objetos pessoais, como amuletos e textos sagrados, eram colocados entre as camadas de tecido ou até mesmo dentro do corpo esvaziado. Por fim, a múmia era colocada dentro de um sarcófago (espécie de caixão) e levada até a pirâmide, onde estaria protegida e conservada;
  • Apenas os faraós e sacerdotes tinham condições financeiras para passarem pelo processo de mumificação;
  • As pirâmides são feitas de pedra, sob uma base retangular, com quatro lados triangulares que apontam para o céu;
  • Atualmente, as construções estão em ruínas, mas na época em que foram construídas, refletiam a luz do sol por conta do revestimento de pedra calcária que as revestiam por completo.
  • São construções muito resistentes e cheias de segredos. Nem mesmo os estudiosos mais dedicados conseguiram descobrir tudo o que lá dentro, pois há muitos labirintos e algumas armadilhas que, pode-se deduzir, foram pensadas para enganar e despistar ladrões em busca de tesouros.

Muitas coisas ainda não foram descobertas, porque as pirâmides são um grande mistério da humanidade, e tem deixado muitos historiadores, cientistas e estudiosos birutas de tanto pensar. E quer saber a verdade? Talvez, nem seja possível descobrir todos os segredos que as pirâmides guardam… e essa é a parte mais divertida de todas!

piramide-quefren-e-esfinge-gize-egito-1024x680

Você já estudou sobre as pirâmides? O que sabe sobre o Egito antigo, os faraós e o processo de mumificação?

Compartilhe com a gente, comentando neste post ou enviando um e-mail para comunicacao@editorabiruta.com.br.

Até a próxima!

 

Imagens: Lista de destinos – Pirâmides de Gizé

Compartilhe ...

E deixe seu comentário!

Deixe uma resposta

Desenvolvido por Miguel Medeiros